Arquivo da categoria: Exchange 2010

Videocast #04 – Usando o ExTRA (Exchange Troubleshooting Assistant)

Olá galera,

O tema do VideoCast de hoje é uma ferramenta bem interessante de análise de logs e traces do Exchange Server, chamada ExTRA. Se quiser saber mais sobre, acompanhe com a gente neste breve e sucinto Webcast. 😉

Leia o resto deste post

Anúncios

Exchange Server – Arquitetura da função de Acesso para Cliente (Client Access Server)

Olá galera,

Hoje a ideia é falarmos um pouco sobre a arquitetura do Exchange Server, focando na estrutura de conectividade de clientes conhecida como Client Access Server, ou CAS.  Essa estrutura vem sofrendo alterações desde a sua concepção, quando se chamava Front-End, e tinha a função de estabelecer as conexões externas do ambiente de mensageria.

exchange_frontend

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #62

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é sobre uma opção que pode trazer aos administradores um maior controle e visibilidade sobre tudo que ele está executando em um cmdlet específico.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #36

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é sobre como realizar a movimentação do path das databases do Exchange Server para um outro diretório, na rede ou no mesmo servidor.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #38

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é sobre um simples comando para retornar informações; o GET-. Esse cmdlet apenas retorna dados e informações do ambiente atual em que se é executado, e exibe o resultado na tela. Uma questão interessante é que podemos usar wildcards/asteriscos (*) para as consultas, se não soubermos a sentença exata a ser procurada na identidade do conteúdo, ou se quisermos retornar mais resultados de forma simultânea.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #21

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é bem simples e prática no PowerShell. A ideia é converter os dados que são retornados pelos cmdlets de PowerShell para o formato String, afim de que possam ser usados para manipulação em outras demandas no mesmo script ou em variáveis  mais complexas destinadas a novas ações ou relatórios, por exemplo.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Quais arquivos fazem parte de uma database do Exchange

Olá galera,

Neste post vamos falar de um assunto bem interessante, que consiste na explicação de cada um dos arquivos que compoem uma estrutura de database do Exchange Server. Como os administradores de Exchange já sabem, a database é estruturada na arquitetura definida como ESEExtensible Store Engine, uma arquitetura da Microsoft. Há um Ignite muito bacana sobre esse tópico no Channel9.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Templates de instalação/configuração do ambiente de Exchange

Olá galera,

Vindo aqui compartilhar uma informação muito útil e simples, mas bastante funcional e prática para administradores e consultores de TI, que trabalham na área de mensageria. Existem muitas dúvidas e informações divergentes quanto ao melhor cenário e as recomendações da própria Microsoft sobre a implantação de um cenário de Exchange Server na sua totalidade, com Mailbox Server, Client Access Servers, DAGs e muito mais.

Por conta disso, resolvi publicar uma documentação antiga, mas que ainda é válida e atual até os dias de hoje. Ela foi desenhada para o ambiente de Exchange Server 2010, mas com pequenos rearranjos, pode ser usada para cenários do 2013 e 2016.

Esta documentação é conhecida como “Installation Guide Templates“, e é dividida em quatro seções de abrangência:

Leia o resto deste post

Removendo Mailbox Database Default no Exchange 2010 SP2

Não são poucas as vezes que temos problemas para deletar Mailbox Database, principalmente quando estamos finalizando projetos, vale lembrar que quando temos Public Folders no ambiente os servidores de Exchange Server 2010 irão criar Maibox Databases, estas que nos darão trabalho para serem removidas.

Vamos ao Problema:
Após uma bem sucedida implementação temos a necessidade de remover as Mailbox Databases criadas automáticamente pelo Servidores Exchange Server 2010, quando ao tentar remover a Mailbox Database, recebemos a mensagem de erro.”

Este problema pode ser definido por alguns erros, conforme listados abaixo:

1. Mailbox Database contém caixas postais
Resolução: Get-Mailbox –Database “Nome-da-Database”

2. Mailbox Database contém caixas Archive
Resolução: Get-Mailbox –Database “Nome-da-Database” –Archive

3. Mailbox Database contém caixas Arbitration
Resolução: Get-Mailbox –Database “Nome-da-Database” –Arbitration

Para cada um destes erros existem procedimentos para validarmos e resolvermos o problema, dependendo do tipo de caixa postal que esta alocado na mailbox database, existe um tipo de Get especifico que determinará, como resolver o problema.

Reparem que ao executarmos o comando “Get-Mailbox –Database “Nome-da-Database” –Arbitration”, tivemos o resultado de 03 Caixas Postais que estavam alocadas dentro da Mailbox Database e que estavam impedindo a deleção da Mailbox Database.

Precisaremos do nome de cada uma destas caixas, para isto, execute a linha de comando conforme o exemplo: “Get-Mailbox –Database “Nome-da-Database” –Arbitration | FL Name”, isto lhe demonstrará o nome das caixas postais, segue um exemplo na figura abaixo.

Bem antes de continuarmos vamos conhecer um pouco o que são estas caixas postais, também chamadas de System Mailboxes!

Estas caixas postais são criadas automáticamente no domínio root da floresta onde temos o Exchange Server durante a instalação no link http://technet.microsoft.com/en-us/library/bb201680.aspx  você poderá conhecer um pouco mais sobre System Mailboxes, abaixo uma tabela com o nome da mailbox e CN:

 

Agora que sabemos o nome das Caixa Postais que impedem a deleção de nossa mailbox database, podemos iniciar o processo de move destas caixas postais.

Obs: Nunca remova um Mailbox Database utilizando o ADSIEDIT, a menos que você tenha pleno conhecimento do porque o processo normal não esta funcionando. Evite maiores problemas…

Agora vamos iniciar o processo de resolução do nosso problema inicial, vamos mover as caixas postais que estão com na Maibox Database que precisa ser deletada, para isto utilize o CMDLET “New-MoveRequest -Identity “Nome-da-Caixa-Postal” –TargetDatabase “Nome-da-Nova-Database””. Verifque no exemplo abaixo que a caixa postal será encaminhada ao processo de Queue para ser movida.

Neste momento você consegue identificar o Name e DisplayName, utilizando o CMDLET “Get-MoveRequest –Identity “Nome-da-Caixa-Postal” | FL Name,DisplayName,Status”.

Após mover todas as caixas postais em Arbitration, execute novamente a linha de pesquisa de Mailbox para ter certeza que nenhuma outra caixa esteja alocada na Mailbox Database que deverá ser removida, faça isto utilizando o CMDLET: “Get-Mailbox –Database “Nome-da-Database” –Arbitration “.

Na imagem abaixo podemos visualizar que o processo não trouxe outras caixas postais, neste momento você conseguirá iniciar o processo de remoção da Mailbox Database. Para isto utilize o CMDLET para desmontar a Mailbox Database “Dismount-Database –Identity “Nome-da-Mailbox-Database” “.

 

Proceda agora com o a remoção da Mailbox Database, esta remoção poderá ser feita via EMC ou EMS, via CMDLET utiliza o comando: “ Remove-MailboxDatabase –Identity “Mailbox Database” “. Veja na imagem abaixo que o procedimento funcionou perfeitamente.

  • Remover a Mailbox Database através do On-Premises, pois há um parâmetro solicitado no PS, chamado StoredMailboxIdentity, que não é passado através das listagens, e dificulta a remoção via Shell.

Lembre-se após remover uma Database no Exchange Server 2010, o arquivo físico da Database ficará disponível no local original para remoção.

Fonte: http://social.technet.microsoft.com/wiki/contents/articles/8488.removendo-databases-do-exchange-2010-com-system-mailbox-arbitration-pt-br.aspx

assinatura