Arquivo da categoria: Servidores Windows

Exchange Server – Fim dos ciclos de vida de suporte do Exchange Server 2010 (extended) e Exchange Server 2013 (mainstream)

Olá pessoal,

Como muitos que acompanham o blog do time de Produto de Exchange Server/Office 365, já foi noticiado que o fim do ciclo de vida de alguns dos nossos conhecidos e amados produtos estão perto do fim. Tanto o Exchange Server 2010 quanto o Exchange Server 2013 já tem seus dias contados.

Leia o resto deste post

Anúncios

Exchange Server – Qual o limite máximo de recursos de hardware em um servidor Exchange?

 

image

Olá galera,

Esse artigo de hoje é para explicar um tema bem interessante, e muitas vezes pouco discutido pelos administradores de TI que fazem a gestão de seu ambiente, seja ele de Exchange Server ou de qualquer outra tecnologia. Até de tecnologias não-Microsoft, por exemplo. Sempre que há um sizing (definição dos recursos a serem utilizados pela arquitetura), a preocupação é sempre com o mínimo de recursos a serem quantificados para elaboração deste projeto. Mínimo de memória RAM, mínimo de CPU, mínimo de capacidade do disco, velocidade de IOPS da Storage. Tudo isso é realmente importante e necessário.

Mas e a quantificação de recursos máximos para um servidor? Já parou pra pensar que seu sistema pode ter limitações quanto ao máximo de recursos adicionados ao seu ambiente, para funcionamento dos seus serviços? Essa é a nossa discussão de hoje, frente a um cenário muitas vezes despercebido pela galera de infraestrutura. Nem sempre o jargão “quanto mais, melhor” serve para nossos dias atuais. E qual o motivo disso? Vamos explicar agora.

Leia o resto deste post

Windows Server – O que vem de novo no Deduplication do Windows 2016

dedup_ws2016

Olá galera,

Dando continuidade a série “Windows Server 2016” coordenada pelo MTI, o assunto abordado hoje é sobre a feature de Deduplication no Windows Server 2016. Essa feature não é nenhuma novidade pra gente aqui no blog, visto que já fizemos um post bem detalhado sobre a mesma, com todas as funcionalidades e aplicações práticas da mesma, principalmente para criação de laboratórios com diversas VMs, ISOs e outros arquivos que venham a consumir espaço em disco no servidor. Pra quem quiser relembrar, segue link de referência do artigo:

Windows Server – Usando Deduplication do Windows Server 2012 R2 para bibliotecas de VMs

As novidades desta função, lançada no Windows Server 2012, não param de chegar, principalmente porque os administradores estão implementando e usando o recurso, que tem trazido economia na alocação de storage, e reduzido custos com backup e outros. Uma das novidades impressionantes que foi adicionada foi a capacidade de economizar até 90% dos volumes de armazenamento, usando ponteiros lógicos nos metadados de arquivos que são considerados “duplicados”, conforme explicamos no artigo anterior.

Leia o resto deste post

Windows Server – Novidades do PowerShell no Windows 2016

picture1

Olá galera,

Hoje o intuito do Blog é iniciar uma série de postagens coordenadas, com intuito de criar um grande e massivo compartilhamento de conteúdo referente ao Windows Server 2016. Para isso, o grupo MTI se organizou e irá disponibilizar muito conteúdo de qualidade sobre o assunto. Vamos criar um catálogo com todo o conteúdo que for criado, e disponibilizaremos para a comunidade. 😉

O tópico abordado hoje é o PowerShell. A linguagem de scripts e linhas de comando criada pela Microsoft há mais de 10 anos, e robustamente utilizada para automação de tarefas e execução de vários tipos diferentes de tarefas passa por mais um update, dessa vez para integrar o Windows Server 2016. Mas não só esse Sistema Operacional, visto que quando o PowerShell é atualizado, o seu framework core pode ser atualizado em algumas versões do Windows, através do WMFWindows Management Framework. Já temos notícias que o WMF 5.1 vem por aí em Janeiro…

Leia o resto deste post

Exchange Server – Monitorando o ambiente de Exchange Server com o Managed Availability

Olá galera,

Hoje vamos falar sobre um assunto interessante, relacionado a monitoração e disponibilidade dos serviços e funções do Exchange Server. Sempre que se falou sobre monitoração no ambiente de Exchange Server, se pensou em ferramentas de terceiros ou até mesmo da própria Microsoft, como o famoso SCOM (System Center Operations Manager). As ferramentas tem a função de monitorar os eventos e logs, e alertar em casos de falhas generalizadas. Enfim, até o Exchange Server 2010 era assim…

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #62

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é sobre uma opção que pode trazer aos administradores um maior controle e visibilidade sobre tudo que ele está executando em um cmdlet específico.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #36

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é sobre como realizar a movimentação do path das databases do Exchange Server para um outro diretório, na rede ou no mesmo servidor.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Dica PowerShell do Dia #21

image002

Olá galera,

Dando continuidade a nossa série “Dica PowerShell do Dia“, com dicas simples e eficazes para os administradores de Exchange Server e Office 365, a nossa dica de hoje é bem simples e prática no PowerShell. A ideia é converter os dados que são retornados pelos cmdlets de PowerShell para o formato String, afim de que possam ser usados para manipulação em outras demandas no mesmo script ou em variáveis  mais complexas destinadas a novas ações ou relatórios, por exemplo.

Leia o resto deste post

Windows Server – Entendendo o Kerberos Authentication

Por Bruno Lopes e Fernando SilvaMTI%2520Logo

Olá galera,

Neste mês de Fevereiro, estamos iniciando uma série de atividades sobre a plataforma Windows Server, principalmente novidades e features da versão 2012 R2 e 2016, que já está no seu Tech Preview 4.

Em conjunto com esta série, também estamos fazendo parte de um novo projeto. Vocês já devem ter percebido a logo acima. Ela representa o MTI – Mixed Technology Influencers, um grupo de especialistas em tecnologias, com skill nas mais variadas áreas de atuação, trabalhando juntos para entregar conteúdo de qualidade para a comunidade. Aguardem mais novidades, que vem por aí!

Nosso intuito de hoje é iniciar esta série de Windows Server falando um pouco do protocolo Kerberos, amplamente utilizado para as questões de autenticação nos produtos Microsoft, desde os anos 2000, quando este recurso foi entregue como parte do Windows 2000 Active Directory implementations. O protocolo original foi criado pelo MIT (quase nosso grupo, hein?) e disponibilizado em BSD, e o nome KERBEROS tem alusão a mitologia grega, onde “CERBERUS” é o cão de três cabeças responsável por guardar as portas do inferno de Hades.

O conceito geral sobre o funcionamento da estrutura KERBEROS pode parecer um pouco complexo, pois estamos falando de um processo de autenticação de baixo nível, porém fica mais simples de entender um um exemplo prático, que daremos logo a seguir.

Leia o resto deste post

Exchange Server – Templates de instalação/configuração do ambiente de Exchange

Olá galera,

Vindo aqui compartilhar uma informação muito útil e simples, mas bastante funcional e prática para administradores e consultores de TI, que trabalham na área de mensageria. Existem muitas dúvidas e informações divergentes quanto ao melhor cenário e as recomendações da própria Microsoft sobre a implantação de um cenário de Exchange Server na sua totalidade, com Mailbox Server, Client Access Servers, DAGs e muito mais.

Por conta disso, resolvi publicar uma documentação antiga, mas que ainda é válida e atual até os dias de hoje. Ela foi desenhada para o ambiente de Exchange Server 2010, mas com pequenos rearranjos, pode ser usada para cenários do 2013 e 2016.

Esta documentação é conhecida como “Installation Guide Templates“, e é dividida em quatro seções de abrangência:

Leia o resto deste post